Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 10, 2011

Necessidade de afeto

Morrie era apenas um garoto de oito anos. Seu pai era de origem russa e não sabia falar inglês. Por isso, quando chegou o telegrama, noticiando a morte da mãe, foi o próprio garoto que leu.
No cemitério, ele ficou olhando jogarem terra sobre o caixão de sua mãe e acreditou  que nunca mais seria feliz sobre a face da Terra.
Nos dias que se seguiram, para aliviar a saudade, ele procurava lembrar os doces momentos  de ternura que tivera com a mãe.
Eram muito pobres. O pai mudou-se para os estados unidos fugindo do exército russo e  nem sempre conseguia emprego.
Por essa razão a família vivia mais da assistência pública do que dos próprios recursos.
Depois da morte da mãe, o garoto e seu irmão foram mandados para uma região  de muita mata. Durante o dia eles se divertiam a correr. Quando chegava a noite,  Morrie ficava olhando para o pai, esperando que ele o acariciasse. Mas o homem rude não manifestava qualquer gesto de afeto.
Morrie se sentia muito só. Sentia grande falta do carinho da mãe.  Um ano…