terça-feira, 28 de junho de 2011

Você tem 5 minutos???

Receitar a alguém sem tempo que se reserve uns minutinhos parece a história da pílula para matar a sede, que só funcionava se fosse tomada com um copo de água. Afinal, se você está com o tempo tomado, de onde vai tirar algum para si mesmo? A diferença está no objetivo. Enquanto quisermos mais tempo para fazer mais coisas, a sensação de falta de espaço na agenda não vai passar nunca, porque cada minuto poupado acaba ocupado por uma tarefa nova e, como temos uma lista de coisas por fazer, sempre faltará tempo para alguma coisa, em um ciclo infinito de ansiedade.

Reservar um tempo para si é fazer o contrário. Também começa abrindo um espaço na agenda, mas para deixá-lo em branco, sem dono, à disposição da sua vontade. É simples, mas não é fácil, porque não estamos acostumados a gastar tempo conosco.

Mas, afinal, qual é a vantagem de reservar um tempo para si?

Em primeiro lugar, para se manter saudável. Manter um tempo livre, sem obrigações, faz bem ao corpo. Segundo a tradicional medicina chinesa, todos os animais, nós incluídos, precisam de um tempo diário para recuperar a vitalidade – isso fora o tempo de sono. Senão, a saúde pifa. O coração dispara, a respiração se altera. Não faltam exemplos de males que a falta de tempo livre nos causa.

Estamos tão acostumados a pautar nossa vida por obrigações que raramente sabemos o que queremos. Ou você nunca ficou perdido sem saber o que fazer em um dia de folga? Precisamos então arranjar tempo para descobrir o que fazer com o tempo livre? Pare com isso.

Basta deixar um tempo livre, desocupado, e a vontade aparece, cedo ou tarde. Quanto antes começar esse exercício, melhor.


Texto adaptado do artigo de Rodrigo Vergara, publicado na Revista Vida Simples

Só realiza um grande sonho, quem sonha grande...

Você reparou no titulo, desta mensagem de hoje? Parece um tanto óbvia, não acha? Mas tem gente por ai, querendo grandes resultados, sem grandes sonhos.

E você sabe qual é a força de um sonho? Sabe por que eu pergunto isso? Acompanhe-me na leitura desta pequena história que você vai compreender bem o que quero lhe dizer!

Conta uma antiga história que o filho voltou para a casa do pai, após muitos anos longe. Ele chega e pede um conselho ao pai, dizendo que necessitava muito ouvir seus sábios conselhos, para resolver um problema que o angustiava muito.

- Pai. Estou sem força, não aguento mais. São muitas barreiras na minha frente. Assim que supero uma, outra aparece. Muitas vezes maior ainda do que aquela que já superei. Por favor, me ajude. O que devo fazer meu pai?

O pai refletiu um pouco e em seguida, convidou o filho para um passeio. Levou-o até uma grande represa com uma barragem de usina.

Chegando lá, perguntou ao filho:

- Filho, qual é o seu maior sonho?

- Sonho, pai? As dificuldades são tantas que acabaram com todos meus sonhos.

- Filho, então, olhe para esta represa. Isto aqui era um rio caudaloso, até que construíram esta barragem e represaram todo o rio, formando essa represa.

- Mas, o que isso tem a ver comigo, pai?

- Tudo, meu filho, tem tudo a ver. Você sabe que esta água produz energia para iluminar e movimentar várias cidades, não sabe?

- Sei sim, mas ainda não consigo entender o que essa represa tem a ver comigo.

- Bem, meu filho, toda a reserva de energia acumulada nesta represa, vem do sonho do rio, que é chegar ao oceano. Se o rio não tivesse este sonho, não teria toda essa energia. A barragem freia o sonho, mas a água continua a correr pelas turbinas para realizar o sonho que é chegar ao mar.

- Pode me explicar melhor, pai?

- Você, meu filho, possui fantásticas reservas de forças dentro de você. Para soltar essa força, precisa ter grandes sonhos, como o rio, mas precisa ousar viver esses sonhos. Você simplesmente permitiu que as dificuldades naturais da vida matassem seus sonhos. Se você sonhar de novo e lutar para tornar seus sonhos realidade, então, irá liberar tanta energia, que nada poderá detê-lo filho.

Agora pare por um instante para pensar sobre seus sonhos. O que está acontecendo com eles? Eles estão represados aí dentro de você?

Será que, como o rio, já não chegou a hora de deixar seus sonhos fluírem, para gerar a energia que necessita, com toda essa vontade que você tem de vencer na vida e ser feliz?

Pense sobre esta história e o que ela tem a ver com os teus sonhos também. Libere essa energia, buscando a realização dos teus sonhos. Como o rio, ultrapasse a barragem.

Pense nisso…


Texto de Sigmar Sabin, professor e aprendiz da vida.

Arquivos das Mensagens...