Pular para o conteúdo principal

Você tem certeza?


Já aconteceu de você ter perdido alguma coisa e, finalmente, achá-la exatamente no lugar onde você tinha certeza absoluta que ela não ia estar?
Que outras coisas na sua vida você pode não estar rotineiramente enxergando, porque tem certeza que não estão lá?
Quantas idéias criativas nunca aparecem porque você já tem certeza do que funciona e do que não?
Quantos clientes você deixa de contatar, porque você tem certeza que eles não estão interessados? Será que a certeza está limitando você?
Será que sua certeza é realmente certeza? Ou simplesmente falta de vontade de explorar novas opções?
Existem momentos em que devemos agir e pensar com certeza e determinação, mas muitas vezes o que julgamos ser certeza é pura teimosia.
Suas certezas resultam, na maioria das vezes, de suas experiências. Mas leve sempre em conta que existe um universo de oportunidades além dessas experiências.
Sim, é mais fácil rejeitar novas idéias sem considerá-las ou explorá-las.
Agora, se você já sabe tudo, como é possível aprender?
É ótimo ter certeza e confiança. Só não deixe a certeza cegá-lo para o real potencial das suas possibilidades. – trate-as bem!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MENSAGEM do dia 19 de novembro na voz de Adriano Carlos

MENSAGEM do dia 19 de novembro na voz de Adriano Carlos



Quem sabe não precisa? Um dia eu estava na frente de casa secando meu carro. Eu tinha acabado de lavar o carro e esperava minha esposa para sair para o trabalho. Vi, descendo a rua, um homem que a sociedade consideraria um mendigo. Pela aparência dele, não tinha carro, nem casa, nem roupa limpa e nem dinheiro. Tem vez que você se sente generoso mas há outras vezes que você não quer nem ser incomodado. Este era um dia do "não quero ser incomodado".

- Espero que não venha me pedir dinheiro. Pensei.
Não veio. Passou e sentou-se em frente, no meio-fio do ponto de ônibus e não parecia ter dinheiro nem mesmo para andar de ônibus. Após alguns minutos falou,
- É um carro muito bonito.

Sua voz era áspera mas tinha um ar de dignidade em torno dele. Eu agradeci e continuei secando o carro.
Ele ficou lá. Quieto, sentado enquanto eu trabalhava. O previsto pedido por dinheiro nunca veio. Enquanto o silêncio entre nós aumentava, uma voz…