Pular para o conteúdo principal

Tenha coragem de fazer uma revolução

Tenha coragem de fazer uma revolução
em sua vida e vá atrás do que dita a sua alma

Há pessoas de sucesso que são muito infelizes porque não fazem o que realmente toca a alma delas. Por incrível que pareça, é possível ter sucesso só com a inteligência, mas é impossível ser feliz só com a inteligência. Para ser feliz é preciso saber ouvir a voz que vem do coração. Se você não se sente feliz com a vida que vem levando, por mais confortável e estável que seja, está na hora de decidir.

Se você realmente quer ser feliz, arrisque! Tenha a coragem de ir atrás de um novo destino. Tenha a ousadia de jogar tudo para o alto e a humildade de recomeçar do zero se for preciso. Você pode até perder algumas coisas, mas ganhará a chance de sonhar de novo, de planejar e sentir o gostinho de cada uma das novas conquistas que terá. E – o mais importante – fará tudo isso mantendo, ou até mesmo resgatando, sua dignidade – o bem mais valioso que existe.

O primeiro passo que você deve dar é se conscientizar de um detalhe importantíssimo: a semente de todo e qualquer problema nasce em você. É como uma erva daninha que se alastra pelo seu jardim. Cabe a você chamar para si essa responsabilidade e – se for preciso – arrancar o mato à unha. Só assim, seu jardim estará livre para que novas flores brotem.

Não brigue com o seu problema! Olhe-o de frente, escute o que ele tem a dizer e aproveite esse aviso para crescer e tornar sua vida melhor. Assumir as causas das suas dificuldades é a melhor maneira de você encontrar uma solução consistente.

Abração!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MENSAGEM do dia 19 de novembro na voz de Adriano Carlos

MENSAGEM do dia 19 de novembro na voz de Adriano Carlos



Quem sabe não precisa? Um dia eu estava na frente de casa secando meu carro. Eu tinha acabado de lavar o carro e esperava minha esposa para sair para o trabalho. Vi, descendo a rua, um homem que a sociedade consideraria um mendigo. Pela aparência dele, não tinha carro, nem casa, nem roupa limpa e nem dinheiro. Tem vez que você se sente generoso mas há outras vezes que você não quer nem ser incomodado. Este era um dia do "não quero ser incomodado".

- Espero que não venha me pedir dinheiro. Pensei.
Não veio. Passou e sentou-se em frente, no meio-fio do ponto de ônibus e não parecia ter dinheiro nem mesmo para andar de ônibus. Após alguns minutos falou,
- É um carro muito bonito.

Sua voz era áspera mas tinha um ar de dignidade em torno dele. Eu agradeci e continuei secando o carro.
Ele ficou lá. Quieto, sentado enquanto eu trabalhava. O previsto pedido por dinheiro nunca veio. Enquanto o silêncio entre nós aumentava, uma voz…