Pular para o conteúdo principal

Mensagem De Sexta-feira

Cometas e Estrelas...

Há pessoas estrelas e pessoas cometas.
Os cometas passam...
Apenas são lembrados pelas datas em
que passam e retornam.
Os cometas desaparecem...
Há muita gente cometa!!
Passa pela vida da gente apenas por uns instantes...
Gente que não prende ninguém e que a ninguém se prende.
Gente sem presença...
Assim, são as pessoas que vivem numa mesma família,
E passam um pelo o outro sem serem
presentes.

Importante é ser estrela...
Pemanecer...estar presente...Marcar
presença...
Estar junto...
Ser Luz..Ser calor..Ser vida.
AMIGO é estrela
Podem passar anos, podem surgir
distâncias, mas fica a marca no coração.
Coração que não quer enamorar-se de
cometas, que apenas atraem olhares passageiros...
E muitos são os cometas...
Passam..., a gente bate palmas e
desaparecem.
Ser cometa não é ser amigo...
É ser companheiro por instantes...
É explorar o sentimento humano...
A solidão de muitas pessoas é
consequência de não poderem contar com alguém.
A solidão é o resultado de uma vida cometa!
Ninguém fica.
Todos passam...
E a gente também passa pelos outros..
Há a necessidade de se criar um mundo de estrelas.
Todos os dias sentir sua luz e calor...
Assim são os amigos-estrela da vida da gente.
Pode-se contar com eles.
Eles são presença.
São coragem nos momentos difíceis.
São Luz nos momentos escuros.
São segurança nos momentos de
desânimo...
Ser estrela neste mundo passageiro,
neste mundo de pessoas cometas é um desafio,
mas, acima de tudo,
uma RECOMPENSA!
 
"Mesmo que a rota da minha vida me conduza a uma estrela, nem por isso serei dispensado de percorrer os caminhos do mundo."
(José Saramago)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MENSAGEM do dia 19 de novembro na voz de Adriano Carlos

MENSAGEM do dia 19 de novembro na voz de Adriano Carlos



Quem sabe não precisa? Um dia eu estava na frente de casa secando meu carro. Eu tinha acabado de lavar o carro e esperava minha esposa para sair para o trabalho. Vi, descendo a rua, um homem que a sociedade consideraria um mendigo. Pela aparência dele, não tinha carro, nem casa, nem roupa limpa e nem dinheiro. Tem vez que você se sente generoso mas há outras vezes que você não quer nem ser incomodado. Este era um dia do "não quero ser incomodado".

- Espero que não venha me pedir dinheiro. Pensei.
Não veio. Passou e sentou-se em frente, no meio-fio do ponto de ônibus e não parecia ter dinheiro nem mesmo para andar de ônibus. Após alguns minutos falou,
- É um carro muito bonito.

Sua voz era áspera mas tinha um ar de dignidade em torno dele. Eu agradeci e continuei secando o carro.
Ele ficou lá. Quieto, sentado enquanto eu trabalhava. O previsto pedido por dinheiro nunca veio. Enquanto o silêncio entre nós aumentava, uma voz…