Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 29, 2010

Mensagem do Dia 29 de Novembro de 2010.

O dia em que não cumprimentei Mário Lago…, extraído do texto de Alexandre Pelegi Existem gestos na vida que nos dão um arrependimento danado, mas não há maior remorso do que aquele que provém do gesto não realizado. Aconteceu comigo, num quase encontro com Mário Lago, poeta e músico, ator e advogado, ativista político e Homem de seu tempo – assim mesmo, com H maiúsculo, para diferenciá-lo dos imbecis que povoam nosso cotidiano.
Foi numa galeria na Avenida Paulista, em São Paulo, num novembro de 2001, final de tarde. Sentado num banco o poeta esticava sua preguiça com as longas pernas cruzadas em arco… Ameacei seguir em sua direção, postar-me ao seu lado e com todo o respeito que meus pais me ensinaram dizer-lhe apenas que era um seu admirador. Apenas isso, nada mais.
Segui adiante, mas a vergonha foi maior que a coragem, e passei reto me esforçando em demonstrar uma indiferença natural…
Pode parecer idiotice, ato explícito de tietagem tola, mas este é um dos gestos de que me arrependo a…