Pular para o conteúdo principal

Mensagem do Dia 28 de junho de 2010.

Servir e crescer

Era uma vez um menino que sentiu vontade de ser bem grande e resolveu procurar alguém que pudesse lhe ensinar como fazer para ser grande, importante.
Foi andando, andando e, de repente, parou diante de uma árvore enorme e perguntou:
- O que você faz para ser tão grande?
- Eu dou frutas, flores, sombra, purifico o ar, agasalho as aves e minha madeira é muito útil ao homem. Eu sirvo.

O menino continuou sua caminhada, encontrou um grande rio e perguntou:
- E você, o que faz para ser grande?
- Eu levo barcas, abasteço de água as populações, irrigo as terras e forneço inúmeras espécies de peixe. Eu sirvo.
Aquele menino continuava perguntando e prestando atenção às informações e ia crescendo com todas as respostas que ouvia:

Da professora - para que a geração jovem aprenda ética, cidadania e tenha educação e instrução. Eu sirvo.
Do médico - para que o homem seja saudável na mente e no corpo. Eu sirvo.
Do religioso - para construir uma comunidade de irmãos, filhos de Deus, que saibam repartir o pão. Eu sirvo.
Do policial rodoviário - na orientação aos motoristas, na disciplina e na segurança do trânsito e na prevenção do acidente. Eu sirvo.

Do agricultor - respeitando o meio ambiente e cultivando espécies variadas de alimentos para que ninguém passe fome. Eu sirvo.
Do jornalista - para comunicar tudo com clareza e levar informações exatas e atualizadas ao leitor. Eu sirvo.
Do coletor de lixo - para que a cidade se mantenha com higiene e limpeza. Eu sirvo.

Do urubu - eliminando da superfície da terra todo cadáver não sepultado. Eu sirvo.
Da abelha - polinizando as flores e fabricando o gostoso mel. Eu sirvo.
Da minhoca - estou sempre caminhando e deixando furos na terra por onde penetra ar e água, que juntamente com meus resíduos aduba o solo. Eu sirvo.

E o menino não parou, foi perguntando, perguntando e pensando chegou às conclusões:
- Tudo só é grande quando serve;
- Tudo só é importante quando é útil;
- Tudo só é necessário e essencial quando, de alguma forma, constrói um mundo melhor.

Ele entendeu e ficou feliz com o que conheceu.
- Quando eu crescer também quero ser grande e vou começar hoje a servir, seja em casa, na escola, na rua, porque para Deus grande é quem serve e quem pensar o contrário, ou está desinformado ou quer desinformar.

Bom dia!!!

(Antônio Valdo A. Rodrigues)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MENSAGEM do dia 19 de novembro na voz de Adriano Carlos

MENSAGEM do dia 19 de novembro na voz de Adriano Carlos



Quem sabe não precisa? Um dia eu estava na frente de casa secando meu carro. Eu tinha acabado de lavar o carro e esperava minha esposa para sair para o trabalho. Vi, descendo a rua, um homem que a sociedade consideraria um mendigo. Pela aparência dele, não tinha carro, nem casa, nem roupa limpa e nem dinheiro. Tem vez que você se sente generoso mas há outras vezes que você não quer nem ser incomodado. Este era um dia do "não quero ser incomodado".

- Espero que não venha me pedir dinheiro. Pensei.
Não veio. Passou e sentou-se em frente, no meio-fio do ponto de ônibus e não parecia ter dinheiro nem mesmo para andar de ônibus. Após alguns minutos falou,
- É um carro muito bonito.

Sua voz era áspera mas tinha um ar de dignidade em torno dele. Eu agradeci e continuei secando o carro.
Ele ficou lá. Quieto, sentado enquanto eu trabalhava. O previsto pedido por dinheiro nunca veio. Enquanto o silêncio entre nós aumentava, uma voz…