Pular para o conteúdo principal

Mensagem do Dia 21 de Maio de 2010

Viva a vida, se der tempo, sonhe...

No momento em que todos reclamam do desemprego, muitas pessoas ficam procurando a vaga certa, aquela dos sonhos. Fica uma pergunta, será que o desemprego para alguns não é fruto do perfeccionismo? Muitos profissionais extremamente capacitados em suas áreas sofrem de um mal terrível, falta de humildade. Muitas vezes para se obter uma colocação no mercado é preciso saber bater de porta em porta, começar ou recomeçar de baixo, isso quer dizer, inclusive, trabalhar em ocupações diferentes daquelas para as quais o profissional se preparou.

Para construir uma carreira é preciso muito preparo, sem dúvida, mas também muita paciência. Teoricamente todos querem chances, desejam crescer e preparar-se para oportunidades, mas na prática nem sempre
essa é a realidade. Ao invés de ficar procurando a oportunidade ideal,
seria interessante que os profissionais focassem a sua visão na busca de condições de crescimento onde outros não as vêem.

Um dia desses, durante uma viagem, conheci o dono de um carrinho de cachorro-quente, pude perceber o que pode representar o sentimento da humildade, o dono do carrinho durante uma conversa dividiu sua experiência de vida comigo, estava juntando dinheiro para poder cursar um MBA. Profissional formado em administração, não conseguiu a colocação desejada no mercado formal, abriu uma oportunidade diferente de sustento, além de estar juntando dinheiro, como ele mesmo citou, para poder se aperfeiçoar e disputar uma vaga com os mais bem preparados. Detalhe, ele continuará a manter o seu carrinho, mesmo que consiga um emprego formal.

Diferentemente da grande maioria que reclama, ele utilizou a sua energia de uma forma construtiva, sem inibições ou tabus, apenas está atravessando um caminho mais longo, que não é sinônimo de menos digno. Crescer profissionalmente é isso, inovar, reinventar e se não der certo, entrar na floresta da vida e abrir novas trilhas. O importante é não ficar esperando. De um modo geral, as pessoas que deixaram grandes lições de vida para a humanidade, não ficaram tentando passar a sua vida a limpo o tempo todo, mas souberam transformar o seu rascunho em obra de arte.

Lígia Guerra

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MENSAGEM do dia 19 de novembro na voz de Adriano Carlos

MENSAGEM do dia 19 de novembro na voz de Adriano Carlos



Quem sabe não precisa? Um dia eu estava na frente de casa secando meu carro. Eu tinha acabado de lavar o carro e esperava minha esposa para sair para o trabalho. Vi, descendo a rua, um homem que a sociedade consideraria um mendigo. Pela aparência dele, não tinha carro, nem casa, nem roupa limpa e nem dinheiro. Tem vez que você se sente generoso mas há outras vezes que você não quer nem ser incomodado. Este era um dia do "não quero ser incomodado".

- Espero que não venha me pedir dinheiro. Pensei.
Não veio. Passou e sentou-se em frente, no meio-fio do ponto de ônibus e não parecia ter dinheiro nem mesmo para andar de ônibus. Após alguns minutos falou,
- É um carro muito bonito.

Sua voz era áspera mas tinha um ar de dignidade em torno dele. Eu agradeci e continuei secando o carro.
Ele ficou lá. Quieto, sentado enquanto eu trabalhava. O previsto pedido por dinheiro nunca veio. Enquanto o silêncio entre nós aumentava, uma voz…